“Amor, Relação, Burla e Tráfico ” uma investigação do LIVE

Scroll down to content

Uma investigação do LIVE entrou dentro dos três maiores sites de homossexualidade no mundo.

O Blued, atualmente a maior aplicação homossexual no mundo que conta com mais de 27 milhões de utilizadores, sendo a maior parte deles oriundos da China. Esta aplicação fundada na China por Geng Le vale mais de 600 milhões de dólares. Fundada por Geng Le, que perdeu a sua família após a descoberta da sua orientação sexual, depressa se tornou num dos símbolos de liberdade na orientação sexual por todo o mundo.

O Grindr, atualmente a maior aplicação paga, também tem disponível uma versão grátis. Lançada pelo americano Joel Simkhal, após achar estranho as apps de encontro não levarem a sério a localização. Esta depressa se tornou numa das principais ferramentas de uso da aplicação. Conta com mais de 1 milhão de utilizadores de 180 países. A aplicação está a fazer duas novas versões: uma para lésbicas e outra para heterossexuais, cujo lançamento no mercado não está ainda disponível.

O Jack D’ é outra aplicação bastante famosa, não tendo muitas informações disponíveis em relação à mesma. Sabe-se que pertence à empresa Online Buddies, que funciona do mesmo género e esteve envolvida em polémica após o tiroteio em Orlando em 2016 numa discoteca. Nunca se provou que o atirador tenha usado a aplicação para descobrir pessoas homossexuais e cometer o crime, mas a aplicar usa a localização para que os seus utilizadores se encontrem mais facilmente.

Estas três aplicações são consideradas pelos homossexuais, bissexuais e até heterossexuais como um grande refúgio ou para uma grande salvação. Há quem procure apenas amigos para beber um copo, amigos coloridos, pessoas para uma noite inesquecível, um companheiro para a vida, e no meio de tanto amor, tinha que surgir o imprevisto. A burla está tão presente nestas aplicações, mais no Blued e no Jack D’, que facilmente se verifica que a intenção das pessoas por detrás do ecrã do telemóvel não querem mais nada do que apenas o dinheiro do seu “amor”.

São atualmente burladas dezenas, senão centenas de pessoas todos os anos nas aplicações de encontros, sejam elas de que natureza for. As pessoas apaixonam-se e são levadas muitas vezes a cometer atos de amor.

O que são estes atos de amor? Enviar dinheiro para o parceiro através de transferências bancárias para bancos na Indonésia, nos Estados Unidos, na China, no Brasil e muitos outros países.

E porque o fazem? Porque estão realmente a pensar na relação que tem com a outra pessoa, apesar do burlão não estar a pensar em mais nada do que no dinheiro extra que vai ganhar.

E se a pessoa se mostrar um pouco receptiva em fazer a transferência ou pagamento? Bem, o burlão vai tentar manipular os sentimentos da vítima dizendo coisas como “se realmente gostas de mim, faz a transferência e mostra o teu amor” e “se não me enviares o dinheiro não vou poder ir ter contigo” ou “a minha profissão e vida estão em risco se não receber o dinheiro” e até mesmo “faz isso para a gente se casar depressa”.

Mas é porque é que as aplicações de encontros nada fazem em relação a isto? Bem, isso está totalmente fora do controlo das equipas que gerem as mesmas. Mesmo que isso seja contra a utilização das aplicações, as pessoas são sempre levada para fora destas aplicações amorosas para outras aplicações de mensagens onde os atos ocorrem. Normalmente o burlão vai perguntar e pedir para que falem pelo WeChat, WhatsApp, Telegram, e outras aplicações de mensagens.

Muitas vezes estes utilizadores quando aceitam ir para fora do país entram em redes de tráfico de drogas ou de seres humanos, uma vez que não sabem qual é a verdadeira intenção da pessoa que está por detrás do ecrã.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: